Autoconhecimento

Você se conhece ou acha que se conhece?

Muitas vezes não temos ideia de quem somos, e não sabemos o que é verdadeiramente importante para nós, por isso o autoconhecimento é tão importante.

O processo de autoconhecimento é constante e as vezes pode ser até doloroso, porque quando nos conhecemos de verdade, não olhamos apenas para nossa parte “bonita”, precisamos estar dispostos a olhar também a parte “ não bonita”, pois temos que entender quais são os nossos limites, valores, o que é importante para nós, porque determinadas situações nos deixa desconfortáveis, nervosas(os), porque nós temos paciência para certas coisas e para outras não…

Quando nós não nos conhecemos somos reativos a determinadas situações, pessoas, dificuldades e então nos ferimos por conta disso. Quem nunca passou por uma situação que agiu de forma irracional, atacou pessoas ou simplesmente reagiu a provocações e depois se sentiu mal consigo mesmo? Todo mundo já teve uma situação assim. E quantas vezes você se vê sentindo coisas que você condena, mas que você alimenta dentro de si?

É complicado, né?

Leandro Karnal, grande historiador brasileiro nos diz que “Se você se conhece ninguém pode te ofender”. É uma frase maravilhosa, porém complexa porque a maioria das pessoas não se conhece e então se ofende muito com atitudes externas exatamente pelo fato de não se conhecer.

O processo de autoconhecimento é você com o seu Eu, por isso é grande o numero de pessoas que tem medo de ser conhecer, viver um processo solitário, a ideia de “solidão” é
assustadora, nós não somos educados para estarmos bem com nossa própria companhia, isso faz com que sempre queiramos estar rodeados de pessoas, seja fisicamente ou nas redes sociais, por esse motivo elas nos afetam tanto, é uma forma de nós não nos sentirmos sozinhos. É onde também mora o perigo, pois você começa a ter uma imagem distorcida de você e tenta sempre se encaixar em padrões.

O autoconhecimento exige muita reflexão, conhecimento intelectual, estudos, leituras, envolve terapia com outra profissional que vai ter um olhar de fora para te dar um direcionamento para que você possa continuar esse trabalho sozinho. E o processo de Coaching te ajuda de forma pontual, porque de repente dentro desse processo de autoconhecimento você descobre que você não gosta da sua carreira, do seu trabalho, que seu sonho é seguir outra profissão ou ajudar pessoas de outra forma, e então o Coaching entra nesse ponto do autoconhecimento como um facilitador para você ter atitudes e ações necessárias para fazer essas mudanças. Outra forma em que o processo pode te ajudar é acelerando o processo de autoconhecimento e autocontrole de sentimento, usando técnicas que vão acessar o seu subconsciente para que você possa ampliar sua consciência e vencer medos, crenças limitantes e trabalhar a autossabotagem.

No autoconhecimento a ajuda externa é complementar, você precisa acima de tudo, querer se conhecer, estar disponível para tal. Temos diversos benefícios quando nos conhecemos, nesse processo você tem a aceitação de quem você é, o auto perdão, você aprender a perdoar a si mesmo trazendo consigo o aprendizado, pois você aprende, e quando você aprende você evolui, esse é outro beneficio de se conhecer, a evolução. Você vai se tornando mais maduro, consciente e mais forte.

Assim como tudo em nossas vidas, o autoconhecimento é um processo, e todo processo é
feito de etapas, não de imediato. Então a pergunta que eu quero fazer a você é: Você está disposto a se autoconhecer?

Tyfanny Freitas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s